Financiamento do imóvel com o fundo de garantia

Como utilizar o FGTS para financiar um imóvel

Pensando em comprar um imóvel? Use o saldo de FTGS para auxiliar o financiamento.

Não é novidade para ninguém que o sonho de ter um imóvel próprio tem sido facilitado por programas de financiamento e habitação. Além de todas as facilidades de pagamentos possibilitadas por programas governamentais, há também a possibilidade de utilizar o FGTS para pagamento de um financiamento imobiliário. Veja a seguir mais detalhes.

Possibilidades

O FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) tem sido um dos recursos mais utilizados para auxiliar no financiamento de imóveis. Mas afinal, de que formas é possível usar o FGTS para comprar um imóvel próprio?

O FGTS costuma ser utilizado para quitar a entrada do imóvel, porém pouca gente sabe das demais possibilidades deste recurso. Confira.

  • Utilizar o FGTS para amortizar um financiamento ou consórcio já iniciado. Para isto, basta que não haja mais de três parcelas do financiamento em atraso, porém, também é possível ainda recorrer judicialmente a esta regra. Vale ressaltar que o saldo do fundo de garantia poderá ser utilizado para amortizar dívidas respeitando o prazo de 2 anos para se poder utilizar novamente o recurso.
  • Compra à vista. É possível utilizar o FGTS para comprar o imóvel à vista, desde que haja saldo suficiente para quitar o imóvel.
  • FGTS de uma ou mais pessoas. É possível unir saldos de FGTS com uma ou mais pessoas para comprar de um imóvel residencial, deste que este seja para habitação de todos os envolvidos no processo e preencham os requisitos para o uso do fundo de garantia.

Alguns cuidados

Antes de realizar o financiamento ou aquisição de um imóvel com uso do FGTS, alguns cuidados devem ser observados. São eles:

  • O interessado não poderá possuir imóvel no município em que pretende adquirir com o uso do FGTS.
  • Não poderá possuir nenhum financiamento imobiliário no país.
  • É possível utilizar o FGTS somente para aquisição de imóveis para moradia em locais urbanos. Deste modo descarta-se a possibilidade de compras de sítios, fazendas e imóveis comerciais.
  • O comprador deverá possuir 36 meses de contribuição de FGTS não sendo necessário serem consecutivos.
  • O imóvel deve estar localizado na mesma cidade onde o comprador realiza seu trabalho principal ou já resida.
  • Não é possível utilizar o FGTS para compras de terrenos, sem que haja construções neles ou ainda utilizar para pagamento de materiais de construções. Esta regra também aplica-se para imóveis na planta, onde não é possível utilizar o FGTS para pagamento das parcelas antes de receber a chave do imóvel.
  • Não é possível alugar o imóvel que tenha sido adquirido com o recurso do FGTS. Caso haja denúncias ou fiscalizações, o dono do imóvel poderá ser cobrado referente ao uso indevido do imóvel.
  • Não é possível adquirir imóveis para terceiros (parentes, pais, dependentes) com o recurso de FGTS.

Teto de Financiamento

Veja a tabela abaixo onde constam os valores atuais de teto para financiamento de imóveis com uso do FGTS. Os valores apresentados foram atualizados em 30 de setembro de 2013.

Valor Local
Até R$750.000 SP / RJ / MG / DF
Até R$650.000 Demais Estados.

Apesar dos benefícios aqui citados, vale ressaltar que cabe ao trabalhador procurar pela instituição financeira que melhor se adapte às suas condições de taxas de juros e outros fatores.

Quer saber mais sobre o mercado imobiliário? Então acesse nosso site e fique por dentro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + 6 =